Buscar
  • Webmaster

Ação e Reação

Atualizado: 2 de Set de 2018

Livro de André Luiz mostra as consequências da conduta desequilibrada e revela como podemos buscar o equilíbrio com as leis divinas


Por Viviane Ramos

Mais uma das obras de André Luiz sobre a vida no mundo dos espíritos, “Ação e Reação” nos leva a uma jornada nas zonas inferiores do plano espiritual e nos apresenta uma série de preciosos ensinamentos para a nossa vida no mundo material.


Lançado em 1956, o livro faz parte da série que teve início com “Nosso Lar”. Assim como as demais obras desta sequência, “Ação e Reação” foi ditado pelo espírito André Luiz e psicografado por Chico Xavier. É dividido em 20 capítulos e narra o período de três anos em que o autor esteve na Mansão da Paz, localizada em regiões espirituais próximas à Terra. Esta instituição tem como objetivo principal resgatar e acolher os espíritos dos planos inferiores que vivenciam as mais diversas situações de sofrimento.


André Luiz descreve de forma bastante comovente e esclarecedora essas desagradáveis experiências vivenciadas por nossos irmãos, transformando estes acontecimentos em importante fonte de estudos sobre a Lei da Causa e Efeito, definida pelo cientista Isaac Newton da seguinte maneira: “a toda ação corresponde uma reação, de igual intensidade e de sentido contrário”. À luz do Espiritismo, podemos entender que tudo no universo está intimamente integrado e equilibrado e que, quando nós agimos de forma contrária a Lei Divina, sofremos a consequência desta ação, de forma que o equilíbrio se reestabeleça.


Orientado pelo instrutor Druso e por seu companheiro de estudos Hilário, André Luiz vivencia a luta incessante dos trabalhadores da Mansão da Paz (instituição sob jurisdição da colônia Nosso Lar) para resgatar os espíritos que se prendem as vibrações de ódio, vingança e rebeldia que reina nas regiões inferiors do planeta. Em cada capítulo, nos deparamos com envolventes narrativas que tratam de temas como resgates coletivos, resgate de dívidas adquiridas em encarnações anteriores, dívidas que se agravam ainda mais devido às atitudes que não se renovam e também casos bem-sucedidos em que os débitos são aliviados por condutas renovadas.


Um dos momentos mais esclarecedores do livro é quando o ministro Sânzio se disponibiliza a esclarecer alguns questionamentos de Hilário e André Luiz e, de forma reveladora, dá importantes explicações sobre a Lei da Ação e Reação: “Desde o elétron aos gigantes astronômicos da tela cósmica, tudo constitui reservas das energias de Deus, que usamos em nosso proveito, por permissão dele, de sorte a promovermos, com firmeza, nossa própria elevação à Sua Majestade Sublime. Dessa maneira, é fácil perceber que, após conquistarmos a coroa da razão, de tudo se nos pedirá contas no momento oportuno, mesmo porque não há progresso sem justiça na aferição de valores”.


A leitura desta obra vai, sem dúvidas, contribuir para profundas reflexões que podem nos auxiliar ao longo da desafiadora caminhada evolutiva na Terra.

35 visualizações

Grupo Espírita Lázara da Conceição 

Rua Ferreira de Araújo, 840 | Pinheiros

05428-002 | São Paulo - SP

11 3034-0858

sitegelc@gmail.com

  • Facebook Clean Grey